4 Jogos digitais para desenvolver a equipe

4 Jogos digitais para desenvolver a equipe

nov 5, 2019 Notícias por admin

A indústria de jogos tem crescido a cada dia e não só no mercado de entretenimento. Diferente do que muitos pensavam, os games não só servem para divertir, como para ensinar também! Habilidades como ‘criatividade’, ‘estratégia’, ‘atenção’ e ‘lógica’, são alguns dos benefícios para quem joga e é por isso que tantas escolas e empresas tem usado essa estratégia para capacitar pessoas. Neste post, você conhecerá 4 jogos digitais para desenvolver a equipe!

É brincando que se aprende!

Diferente do que muitos acreditam, não só crianças podem se beneficiar de um aprendizado divertido, como os adultos também podem colher bons frutos. Gamificação (do inglês gamification) ou Ludificação, são dois termos usados para representar esse tipo de educação, que usa a dinâmica dos jogos na educação.

Assim, mesmo que esteja interagindo com um ambiente fictício, o jogador está desenvolvendo habilidades que poderão ser usadas em seu cotidiano dentro ou fora da empresa. Devido à sua eficácia e reconhecimento em treinar colaboradores e alunos, já existem empresas que compram o desenvolvimento de jogos personalizados para às suas realidades – o que sem dúvida, é ótimo; contudo, o valor dessa ação pode não estar adequada a todas realidades empresariais.

A boa notícia é que mesmo quem não conta com saldo para investir na gamificação personalizada, pode usar títulos de jogos existentes no mercado para estimular habilidades do time interno. Mas, antes de saber alguns desses, confira na sequência o por que utilizar jogos na educação corporativa, pode ser eficaz.

Psicologia está no ingrediente

Lembra quando você fazia algo errado e algum adulto o repreendia, provocando uma sensação ruim que o fazia pensar duas vezes antes de repetir o ato? Ou melhor, lembra quando você fazia algo bom e recebia recompensas que  faziam continuar a repetir o comportamento? Os jogos funcionam da mesma forma.

O presidente da consultoria MJV, Ysmar Vianna, afirma: “A maior parte dos jogos tradicionais ou videogames têm um aspecto social muito forte. Fazer com que as pessoas adotem novas ferramentas e mudem sua maneira de trabalhar é muito fácil se você fizer com que elas usem essa interação.” Mas, você sabe o por quê?


Assim como quando se é criança e é repreendido ou elogiado após determinado ato, os jogos também funcionam no esquema de ‘recompensa’ e ‘punição’, um pensamento muito difundido pela abordagem da Psicologia conhecida como behaviorismo (behavior: comportamento)e que surte efeitos positivos em terapias que visam modificar ou desenvolver novos comportamos.

Nessa abordagem, é defendido que os seres humanos são formados com estímulos ambientais e que podem reforçar ou desestimular comportamentos. Os jogos fazem isso claramente: jogou bem, ganha prêmios e desbloqueia níveis; jogou mal, retrocede estágios, perde pontos ou precisa começar do zero. Claro que as dinâmicas são mais interativas, mas em tese é isso!

Pense que todos os momentos em que colaborador não respeitar a dinâmica do jogo em ser estratégico, por exemplo, ele perca pontos. Certamente, isso fará que ele pense mais nas próximas jogadas e use mais a estratégia. Portanto, um colaborador que tem acesso ao treinamento corporativo com jogos, pode aprender muito e refletir esse aprendizado dentro da empresa.

Por fim, confira a seguir 4 jogos digitais para desenvolver a equipe!

Jogos para melhorar as habilidades do time (com muita diversão)

Separamos alguns jogos, que trabalham de forma sutil e eficaz habilidades indispensáveis nos profissionais de qualquer área. Separamos apenas 4, mas há muitos outros que você pode incluir nessa estratégia de educação interativa.

Pac-Man

Quem nunca jogou Pac-Man, o clássico ‘Come-Come’, não sabe o que é desespero! Parece bobo, mas a dinâmica aqui é fazer o avatar sobreviver em um labirinto repleto de fantasmas e pastilhas, as quais você deve comer. Se você não pensar rápido e usar a estratégia para escapar dos fantasminhas, pode morrer em segundos de partida.

Competências trabalhadas: estratégia, lógica e raciocínio rápido (ótimo para quem precisa aprender a lidar com pressão, rs).   

SimCity

SimCity é um jogo de simulação, onde o jogador é prefeito de uma cidade e deve coordenar toda  a construção e solução de problemas desta. O jogo é bastante completo e conta com desafios que vão exigir muita estratégia e criatividade! Há mais de uma versão disponível, onde, obviamente, as mais recentes apresentam mais opções de interação com os cenários.

Competências trabalhadas: estratégia, criatividade e organização.   

Portal

O nome do jogo diz tudo: abrir portais para acessar novos lugares. Parece um jogo simples, mas segundo a perspectiva do designer Marcos Paulo Caetano, que além de gamer, tem experiência com o desenvolvimento de jogos digitais, “embora (Portal) não seja um jogo cheio de adrenalina ou de tiro, você precisa parar e pensar sempre, e exige do jogador muita agilidade para sobreviver.”

Competências trabalhadas: raciocínio lógico, percepção de problemas e agilidade.

This War Of Mine

Esse é um jogo que possui um roteiro incrível e bastante diferenciado: sobreviver aos desafios de um cenário pós-guerra. Diferente dos demais títulos de guerra, o foco não está em personagens militares, com armas de fogo e conflitos de combate; o objetivo mesmo é fazer civis sobreviverem a doenças, motins e falta de recursos comuns após conflitos. O legal de This War Of Mine, é que você não cuida apenas do seu avatar, mas também é responsável pelos outros personagens que se unem à sua busca de sobrevivência!

Competências trabalhadas: estratégia, agilidade e trabalho em equipe.

poradmin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *